segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Nem te Conto...(1)

Tarde de domingo e eu na Seccional da Sacramenta pra catar desgraças pro caderno de polícia de O Liberal e do Amazônia. A bola da vez era um maluco que atropelou duas mulheres, que estavam sentadas no pátio de casa. Minha primeira pergunta foi a óbvia:

- Por que tu invadiu a calçada?
- Perdi o controle do carro. Só isso.
- Mas por quê?
- Irmão, sou evangélico, nenhuma folha de árvore cai sem a permissão de Deus, amém?

Quase que eu respondo "Amém, irmão!", mas ele perceberia o deboche.

Fiquei com vontade de perguntar: "mas nesse caso, num foi tu que arrancou a folha da árvore?". Mas me calei. Tudo bem. A culpa é de Deus.

3 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Santa Ignorância essa hein?
Poxa vc devia ter feito essa ultima pergunta a ele.
ASS: Breno TRoccoli

Daniel disse...

Existe todo tipo de doido mesmo, mas eu também acho que deveria ter feito essa pergunta.

ASS: Daniel Moraes

anders stewart disse...

Cara, esse teu blog é muito louco! Gostei muito.